COMPARTILHE ESTE BLOG

COMPARTILHE ESTE BLOG !

BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO

quinta-feira, 24 de março de 2016

TIO LULU ENSINA COMO SAIR DE SITUAÇÕES EMBARAÇOSAS DO DIA-A-DIA - CAPÍTULO 4

ELOGIO NÃO-CORRESPONDIDO


Imagine a seguinte situação: você está andando na escola, na facu, sei lá, na fila do banco, na recepção do pronto-socorro, na feira, na rua, na chuva, na fazenda ou até numa casinha de sapé, droga, não interessa onde, larga de ser curioso sô.

De repente você vê passar por você aquele pedaço de mau-caminho ! =O Um gatinho / gatinha que não dá mesmo pra você deixar passar em branco. Sabe aquele exemplar do sexo oposto que tem o poder de quebrar seu pescoço com uma simples aparição ? Pois é.

Aí você não se contem e acaba mandando aquele sonoro e inconfundível "fiu-fiu, que gatinha (ou gatinho) !".
PARA TUDO, PAROU, PAROU, PAROU !!!!!!! CONGELA A IMAGEM ! MODO PAUSA ON.

Vamos agora analisar  essa cena sob o olhar de quem está "de fora", ou seja, vamos analisar em terceira pessoa (legal isso né ? SQN).

Vamos girar a imagem e olhar para nossa pessoa. Puta merda, olha a cara de bobo que a gente fez pra mandar o fiu-fiu ! Rapaz... Acho que se a gente mandasse o fiu-fiu pra nós mesmos no espelho, nem assim teríamos sucesso, com essa cara... Acho que temos que treinar um pouco mais para ter alguma possibilidade de sucesso na próxima vez.

Vamos agora girar a imagem em 180 graus, mas em slow-motion please, senão o Tio Lulu vai cair da cadeira e talvez até fraturar algum osso, cruz-credo, a idade é uma merd@ mesmo (quando a gente é criança e cai da cadeira, 1 segundo depois já está subindo no muro e pulando e ainda mostrando a língua pro anjo-da-guarda).

Agora estamos olhando para a pessoa em questão que recebeu nosso elogio. Meu, pensa bem, você tem certeza mesmo que aquela pessoa merece o fiu-fiu acompanhado do elogio ? Então... Não quer pensar mais um pouquinho ? Aproveita que a imagem tá em pausa, você geralmente não tem essa oportunidade. Já pensou ? Quer continuar mesmo ? Ok, então vamos em frente.

Olha a cara que a pessoa fez quando você mandou o elogio. Tá na cara que o (a) infeliz resolveu encasquetar justamente com você.  Caramba, existem milhares de pessoas por aí e o ano tem 365 dias. Mas justamente HOJE o (a) infeliz escolheu VOCÊ para dar uma resposta atravessada.

Cara, não existe coisa mais desagradável e revoltante do que você elogiar uma pessoa e receber dessa pessoa uma resposta atravessada.

Então, voltando à cena em questão, vamos descongelar a imagem. Aperte o PLAY.

Pronto, aí você escuta da pessoa o seguinte: "Pena que não posso dizer o mesmo de você."

Caraca, você ligou os pontos ? Você tem um Pentium ou um Lentium dentro do que você insiste em chamar de cabeça, naquilo que deveria ser um cérebro ?

Desculpa se a enrolação história ficou um pouco cansativa longa e você perdeu o "mio-da-fiada". Vamos eliminar os intermediários e compactar os diálogos. Aconteceu o seguinte:

VOCÊ para a PESSOA: "Fiu-fiu, que gatinho / gatinha !"
A PESSOA para VOCÊ: "Pena que não posso dizer o mesmo de você..."

Bem, temos 3 saídas idealizadas pelo Tio Lulu para essa situação vexatória inconveniente.

1a. saída) A mais simples e rápida porém a menos recomendável. Na boa, NUNCA FAÇA ISSO. Mas tenho certeza que a maioria A-DO-RA-RI-A fazer isso. Se você for menina ou mulher, pegue aquela piranha (calma, é a de prender cabelos) que você carrega na sua bolsa-de-mil-e-uma-INutilidades. Mas tem que ser aquela metálica compridona, aquela bem bicuda mesmo.


Vá com tudo pra cima do maldito infeliz-que-se-acha e crave-a no peito dele. Mas de leve, só pra machucar um pouquinho =O). Se você for menino / homem, tire o cinto que você está usando e bata na Tássia (tassiachando, dãããããããã) com o lado da fivela. Mas só vale se for com toda sua força e bem nos olhos da condenada. Mas também é de levinho, só pra assustar. Pronto, você mandou a pessoa non-grata para o beleléu e sua honra está restabelecida, sua reputação continua intacta e pode sair assobiando tranquilamente como se nada tivesse acontecido (SQN é claro, a polícia já tá chegando, mão na cabeça mão na cabeça, tu vai em cana mermão, tu já era, perdeu playboy).

2a. saída) Essa saída é bem fraquinha, geralmente não cola e você está arriscado a pagar o mico "ao quadrado", mas vamos lá só pra constar, já que a mente besta brilhante do Tio Lulu idealizou. Você manda pra pessoa sem pensar muito um "Não foi com você não ô, foi pra ele / ela lá atrás", e repete o elogio pro gatinho / gatinha que estiver lá atrás. Bem, isso só funciona obviamente se de verdade existir um gatinho / gatinha lá atrás, mesmo que seja um trabuco. Se só estiverem vocês dois, esqueça e pule este item, passe direto ao terceiro. Bem, caso você aplique esta lição, ainda assim você precisa de muita sorte. Digamos que o gatinho / gatinha lá atrás com quem você supostamente teria mexido te dê a mesma resposta "Pena não poder dizer o mesmo de você". Esse é o mico "ao quadrado" que estava me referindo. Nossa mãe, se isso acontecer, acho melhor você procurar um buraco bastante fundo para esconder sua cabeça até o inimigo ir embora. Depois vá a uma benzedeira, curandeiro, pajé, sei lá, porque você deve estar com uma zica brava, um super mau-olhado, devem ter colocado sua foto pelado na encruzilhada, credo, ô mizifil !!!! Talvez seja necessário também você mudar de escola, de cidade e até de país, pois você será com certeza o assunto do ano nas redes sociais. Por isso, recomendaria também que você procurasse o Dr. Holliwood para trocar também de rosto, e troque também o seu nome. Eu sei que tudo isso dá um trabalhão. Você pode também nascer de novo se preferir.

3a. saída) Essa saída é a melhor de todas, pois se tiver uma galerinha de butuca escutando tudo, a pessoa que você elogiou e te deu o fora será elegantemente humilhada por você e, com certeza a galerinha de butuca irá zoar até a quinta geração do elemento "que se acha". Vamos repetir os diálogos só para compactar e ficar mais fácil dos velhinhos como eu processarem as informações (a idade e os neurônios a menos dão um trabaaaaalhoooo).
VOCÊ para a PESSOA: "Fiu-fiu, que gatinho / gatinha !"
A PESSOA para VOCÊ: "Pena que não posso dizer o mesmo de você..."
VOCÊ já comemorando sua vitória e com um baita sorrisão sarcástico no rosto responde para a PESSOA: "Então faça como eu, minta só para fazer um feio feliz." \O/ \O/ \O/
Esse é seu momento de glória, prepare-se para começar a dar os autógrafos e já comece a pensar em lançar sua autobiografia, pois você a essa altura dos acontecimentos já se transformou em um MITO, uma LENDA ! Alguém que as pessoas irão comentar daqui a 100 ou 200 anos.

Pronto ! Tio Lulu é o mestre da cultura inútil ! Se você quiser saber de algo que não sirva para absolutamente nada, pergunte ao Tio Lulu.

Um grande abraço e um ótimo fim-de-semana !




terça-feira, 22 de março de 2016

sexta-feira, 18 de março de 2016

terça-feira, 15 de março de 2016

DITADOS POPULARES COMO VOCÊ NUNCA VIU - NÚMERO 1

"Mais vale um pássaro na mão do que dois voando."